Reciclagem de embalagens PET chegou a 59% em 2012, mostra IBGE

Mas reaproveitamento de latinhas de alumínio se aproxima de 100%.Em linhas gerais, todas as reciclagens estão aumentando, diz pesquisador

As latas de alumínio seguiram líderes entre os produtos reciclados em 2012, com reaproveitamento de 97,9%, segundo o estudo Indicadores de Desenvolvimento Sustentável do Brasil,  divulgado nesta sexta-feira (19) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A reciclagem de embalagens PET, no entanto, vem ganhando força, passando de 35% em 2002 para 58,9% dez anos depois.

“Em linhas gerais, todas as reciclagens estão aumentando. No Brasil não se dá mesma forma que os países desenvolvidos, principalmente lata de alumínio, que dá retorno financeiro. Catadores dão preferência porque são os que dão maior retorno”, afirmou Júlio Gonçalves, pesquisador de Recursos Naturais da entidade.

Segundo Gonçalves, o reaproveitamento das latas de alumínio se dá “principalmente em função de catadores que buscam esse tipo de aporte financeiro”. “É o melhor custo/benefício. Pesa menos e vale mais”, explicou.

Reciclagem de latas de alumínio (Foto: Reprodução / TV Globo)Catadores dão preferência às latas de alumínio por
causa do custo/benefício, diz especialista
(Foto: Reprodução / TV Globo)

Em 2011, o Índice de Reciclagem de alumínio no Brasil, que inclui todo a matéria constituído do metal, foi de 98,3%, ultrapassando o Japão, 92,6%, a Argentina, 91,7% e os Estados Unidos, 65,1%.

Outras embalagens
Enquanto o reaproveitamento das latinhas é de quase 100% e o de PET cresce, outras embalagens longa vida, cartonadas ou tetrapak, no entanto, não apresentaram resultado semelhante.

“Os valores são mais baixos, tendo alcançado 29% em 2012, em razão da necessidade de separar os materiais componentes (alumínio, papel, plástico), fator que dificulta a reciclagem desse tipo de embalagem”, ressaltou o IBGE.

Segundo a entidade, a reciclagem de materiais é um dos aspectos mais importantes no gerenciamento sustentável de resíduos.

“Ao lado da reutilização e da redução da geração de resíduos, é uma das atividades-
chave para solucionar o problema do destino final dos resíduos sólidos, compondo a mundialmente conhecida estratégia dos “três Rs” (reduzir, reutilizar, reciclar)”.

Saiba mais sobre os três erres em:  Meio Ambiente com foco nos 3R’s (REDUZIR REUTILIZAR RECICLAR).

Fonte: G1

Licença Creative Commons

Este texto está protegido por uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Link para atribuição de créditos: http://www.recicloteca.org.br/?p=15466

Compartilhe

Deixe um comentário