A Ecomarapendi é a ONG (organização não-governamental) responsável pela Recicloteca. Além do centro de informações de meio ambiente e reciclagem, oferece diagnóstico participativo, estudos de impacto ambiental e de vizinhança, treinamento e capacitação.

Entre em contato pelos telefones (21) 2551-6215 ou 2552-6393
ou pelo email contato@ecomarapendi.org.br

Fechar janela

A Coleta Seletiva de Resíduos Sólidos no Brasil

O lixo é um dos maiores problemas da sociedade moderna. Gradualmente, porém, através da educação ambiental, as pessoas vêm se conscientizando cada vez mais sobre esta questão. Os 3Rs – Reduzir, Reutilizar, Reciclar – vêm se tornando cada vez mais importantes na resolução deste problema. Dentro do processo de Reciclagem, a Coleta Seletiva é uma etapa fundamental. Através dela, os resíduos recicláveis são separados dos demais resíduos, recolhidos por empresas responsáveis pela limpeza urbana.

A coleta seletiva no Brasil é realizada de maneira informal há muitos anos, através dos catadores autônomos. Foram os primeiros a perceber que havia valor no lixo. Atualmente, em muitos municípios do país, os catadores já se organizaram em cooperativas, que recebem os resíduos, fazem a separação adequada, e os encaminham a empresas recicladoras dos materiais.

coleta seletiva

Quanto melhor for a seleção dos resíduos, maior qualidade – e maior valor comercial – terá o material reciclável resultante. A estrutura das cooperativas permite que os catadores aumentem sua produtividade, e consequentemente, seus ganhos.

Além de catadores e cooperativas, a população de alguns municípios pode separar o resíduo reciclável e leva-lo até um Ponto de Entrega Voluntária (PEV).

Coleta seletiva aumenta, mas ainda é pequena no Brasil

Em pesquisa do CEMPRE, em 2016 apenas 1055 (18%) dos municípios brasileiros possuíam sistema de coleta seletiva implementado. E a maioria destes municípios (81%) ainda está concentrada no Sul/Sudeste.

Dentre os materiais recicláveis, o papel/papelão é o mais coletado (34%), seguido do plástico (11%). Infelizmente, ainda há muito material não reciclável misturado aos recicláveis (35%), o que prejudica a qualidade da reciclagem. Neste sentido, precisamos reforçar o trabalho de educação ambiental para a população.

coleta seletiva

Os índices brasileiros de reciclagem variam muito de acordo com o material analisado. Como exemplo, podemos citar que em 2013 recuperamos 58,9% de papéis recicláveis, porém alcançamos 33,7% de alumínio reciclado.

Os materiais recicláveis são divididos em 4 grupos principais:

1) Papel

Inclui: Jornal, papel branco comum, papel pardo, papelão, cartolina, envelopes, papel cartão, revistas, folhas de caderno, entre outros.

Não inclui: papel auto-adesivo, carbono, celofane, de fax, fotográfico, termoabrasivo, ou plastificado, guardanapos, bitucas de cigarro.

Se quiser saber mais sobre o processo de reciclagem de Papel, clique AQUI.

2) Plástico

Inclui: garrafa PET, embalagens de produtos de beleza e de limpeza, sacos plásticos, potes de margarina, copos de mate, entre outros.

Não inclui: copos descartáveis, fraldas, espuma, isopor, canos de PVC, fita cassete, DVD, CD.

Se quiser saber mais sobre o processo de reciclagem de Plástico, clique AQUI.

3) Metal

Inclui: latas de alumínio, objetos de ferro, fios e cabos, embalagens de desodorante, entre outros.

Não inclui: pilhas e baterias, clipe, grampo, prego, esponjas de aço, lata de tinta.

Se quiser saber mais sobre o processo de reciclagem de Metal, clique AQUI.

  4) Vidro

Inclui: garrafas, copos e recipientes em geral.

Não inclui: espelho, cerâmica, tubo de TV, lâmpadas fluorescentes, remédios, entulho.

Se quiser saber mais sobre o processo de reciclagem de Vidro, clique AQUI.

Encontre Pontos de Reciclagem em todo o Brasil


Saiba mais:

Quanto custa NÃO ter a coleta seletiva?

A Recicloteca e o enxágüe de recicláveis

Buscador on-line para Contratação de Catadores

Logística reversa tipo SEDEX: rápida e eficiente

Lixo Reciclável é um termo que prejudica a coleta seletiva

Como é a coleta seletiva no Rio de Janeiro?

Código de cores da coleta seletiva


Agora você pode ser um apoiador do Projeto Recicloteca.

Já imaginou poder contribuir para semear a educação ambiental por aí?

Agora você pode!

Não importa o valor da doação, o que importa é ajudar a difundir informações sobre coleta seletiva, meio ambiente em geral e reciclagem. Todas as doações terão uma recompensa!!

Acesse o site abaixo e saiba mais:
https://apoia.se/recicloteca

Este texto está protegido por uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional
Link para atribuição de créditos: http://www.recicloteca.org.br/?p=17511

Gostou desse post?

A Ecomarapendi é a ONG (organização não-governamental) responsável pela Recilcoteca. Além do centro de informações de meio ambiente e reciclagem, oferece diagnóstico participativom estudos de impacto ambiental e de vizinhança, treinamento e capacitação.

Assuntos relacionados

Compartilhe nas redes sociais

Deixe um comentário