A composição do lixo brasileiro

Segundo Maurício Oliveira, em reportagem a revista Veja de dezembro, Jardim Gramacho hoje simboliza o tamanho do problema do lixo no Brasil, que produz cerca de 260.000 toneladas de lixo por dia – 1,5 quilos por habitante, o triplo da China. Embora 80% desses resíduos possam ser reaproveitas, o que também inclui o lixo orgânico, apenas 2% é reciclado ou destinado para compostagem.

Em meio a 260.000 toneladas de lixo produzidas diariamente no Brasil, segundo pesquisa da revista Veja, 53% deste material é composto por lixo orgânico, 25% de papel e papelão, 2% vidro, 2% metal, 3% plásticos e 15% outros. E somente 2% deste total são beneficiados através da reciclagem e compostagem.

Somente 55% das garrafas PET são reaproveitadas. São 253.000 toneladas por ano, no valor de 310 milhões de reais. 254 milhões de reais é o valor potencial do que é jogado fora.

Já o reaproveitamento das latas de alumínio chega a 98%. São 14,7 bilhões de unidades por ano, que resultam em 980.000 toneladas, com o valor de 382 milhões de reais.

Revista Veja – Dezembro

No mercado da reciclagem, dentro da realidade do Estado do Rio de Janeiro, o quilo da latinha é vendido por até R$ 2,10 e o PET em torno de R$ 1,10.  Analisando a diferença no valor destes materiais entendemos porque o alumínio é mais comercializado.

Mas, ao identificarmos o impacto de ambos os materiais no meio ambiente, chegamos à conclusão que o incentivo para levá-los para a reciclagem vai além do seu valor econômico. Mesmo porque, a maior quantidade de PET consumida, é pelos domicílios. Bastando ao cidadão apenas encaminhá-la, através da coleta seletiva, para a reciclagem. Recebendo dinheiro ou não por esta ação, a certeza é que levará para casa o valor de um trabalho integrado em prol da qualidade de vida e do futuro de um país mais sensibilizado e responsável pela geração dos seus resíduos.

Caso queira mais informações sobre o assunto, nos procure!

Gostou dos textos? Detestou? Queremos saber!
Deixe aqui seus comentários, criticas e sugestões!
Estamos fazendo o blog para vocês e
ele é uma construção conjunta.
Ajude-nos a melhorá-lo!

Licença Creative Commons

Este texto está protegido por uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Link para atribuição de créditos: http://www.recicloteca.org.br?p=3043

Compartilhe

Deixe um comentário